Brasil: quando um país está à procura de uma língua nacional

Número

Descargas

Visitas a la página del resumen del artículo:  221  

DOI

https://doi.org/10.25267/Cuad_Ilus_Romant.2011.i17.10
PlumX

Autores/as

  • Pierre Guisan (BR) Universidade Federal do Rio de Janeiro

Resumen

 Serão primeiramente examinadas as posições respectivas das línguas indígenas, da Língua Geral e da lingua portuguesa na história do Brasil, assim como as causas do distanciamento das variantes européias e brasileiras do português. Consideraremos os papeis da deriva românica e da modalidade escrita standard na manutenção de traços conservadores ou, ao contrário, no surgimento de inovações. Levantaremos a respeito uma hipótese sobre as conseqüências morfossintáticas decorrentes do surgimento da tonicida­de significante nas línguas românicas, substituindo as oposições de duração vocálica do latim. Concluiremos enfim comentando a dificuldade de se instrumentalizar a língua na construção da identidade nacional brasileira.

Palabras clave


Descargas

Los datos de descargas todavía no están disponibles.

Cómo citar

Guisan, P. (2011). Brasil: quando um país está à procura de uma língua nacional. Cuadernos De Ilustración Y Romanticismo, (17). https://doi.org/10.25267/Cuad_Ilus_Romant.2011.i17.10